Nenhum produto no carrinho.

Subtotal: R$0,00

I READ THAT YOU DIDN’T REALLY LIKE GROWING UP IN TIJUCA (EDITOR’S NOTE : A NEIGHBORHOOD OF RIO DE JANEIRO’S NORTH ZONE) WHEN YOU WERE A TEENAGER, NEARLY BEING ASHAMED OF IT, AND TODAY YOU CHOSE TO LIVE THERE AGAIN. WHY?

Tijuca is a very traditional neighborhood. When I was a teenager, I used to think of myself as a big city girl living in a small city. I had a prejudice, I confess, against my friends and people from my school. I thought they were very common; they would only listen to what the radio was playing or watch blockbusters at the movies… Thanks to my mother who is a French teacher, I had the opportunity to see different movies like Truffaut’s. It was very satisfying for me. It’s funny because when I talk about that with my brothers today, they have a complete different vision of it; to them our mom used to take us to see strange movies, when I on the contrary think these movies saved me! When I moved to Ipanema after my split from Lucas, I remember thinking it was amazing living in the south zone. I healed my broken heart going to the beach. Every single day I went swimming and crying in the ocean. It was so intense. And then I moved to São Paulo to try something new out and also because of the art and music scene there. But then I started to miss my family and the ocean like crazy. São Paulo didn’t work for me. I decided to come back and stayed at my parents’ house for a while. Even if they are amazing, it is very intense to go back to your parents. At that time the rents in Zona Sul were so expensive that I started to look for places in Tijuca again. I have a completely different opinion about it now. It is more traditional for sure, but I learned to appreciate it.

LI QUE, NA VERDADE, QUANDO VOCÊ ERA ADOLESCENTE, NÃO GOSTAVA DE MORAR NA TIJUCA (UM BAIRRO NA ZONA NORTE DO RIO DE JANEIRO), QUASE A PONTO DE TER UM POUCO DE VERGONHA DISSO. E HOJE VOCÊ ESCOLHEU VOLTAR A MORAR LÁ. POR QUÊ?

A Tijuca é um bairro bem tradicional. Quando era adolescente, achava que eu era uma moça da cidade grande morando em uma cidade pequena. Confesso que tinha preconceito em relação aos meus amigos e colegas da escola. Achava que eram muito simples porque só ouviam a música tocada nas rádios ou assistiam aos filmes de maior bilheteria que estavam passando no cinema…Graças à minha mãe, que é professora de francês, pude assistir a filmes menos conhecidos como os do Truffaut. Gostava muito. É engraçado porque, hoje em dia, quando converso sobre esse assunto com os meus irmãos, eles têm uma visão completamente diferente dessa estória. Para eles, a nossa mãe costumava nos levar para assistirmos a filmes estranhos. Já eu, ao contrário, achava que esses filmes eram a minha salvação! Quando me separei do Lucas, me lembro de ter adorado morar na Zona Sul. Consegui curar o meu coração partido indo à praia. Ia nadar todos os dias e ficava chorando dentro do mar. Foi bem intenso. Aí me mudei para São Paulo para experimentar coisas novas e por conta da cena musical e artística da cidade. Mas aí comecei a morrer de saudades da minha família e do mar. São Paulo e eu não fomos feitos um para o outro. Decidi voltar para o Rio e fiquei na casa dos meus pais por um tempo. Por mais que eles sejam pessoas maravilhosas, voltar a morar na casa dos pais não é algo fácil. Naquela época, os aluguéis cobrados na Zona Sul eram tão altos que comecei a procurar um lugar na Tijuca. Hoje tenho uma opinião completamente diferente sobre o bairro. Certamente ele é um bairro mais tradicional, mas aprendi a gostar de morar lá.

FAVORITE THING ABOUT LIVING IN RIO

Being close to the beach! I know this sounds cliché but it is so true. Your day changes when you manage to squeeze in a little dive in the ocean between two work appointments.

O QUE TE FAZ MAIS FELIZ NO RIO?

Estar perto da praia! Sei que soa um pouco cliché, mas é a pura verdade. O teu dia muda completamente quando você consegue encaixar um belo mergulho no mar entre dois compromissos.

BEST PLACE TO SIT AND WATCH PEOPLE PASS BY?

On the promenade by the beach!

MELHOR LUGAR PARA SE SENTAR E FICAR OLHANDO AS PESSOAS PASSAREM?

No calçadão da praia!

WHAT IS THE CONCERT VENUE YOU WOULD DREAM TO PERFORM AT?

I already performed in my dream venue, the Circo Voador. There is also the “Dia da rua” (the street day) where every “posto” at the beach becomes a stage for music bands to play. We did it once in Leblon with Letuce but I didn’t like it so much… So my dream would be to do it again but in Arpoador this time. I saw Bebel Gilberto once there, shooting a video and thought I would love to do it as well.

QUAL SERIA O LUGAR DOS TEUS SONHOS PARA FAZER UMA APRESENTAÇÃO?

Já me apresentei no lugar dos meus sonhos, o Circo Voador. Tem também o Dia da Rua, quando então todos os postos da praia se convertem em palcos para a apresentação de bandas. A Letuce se apresentou uma vez no Leblon, mas não gostei muito…então o meu sonho seria me apresentar novamente, mas dessa vez no Arpoador. Uma vez assisti à gravação de um vídeo da Bebel Gilberto lá e logo pensei que adoraria fazer o mesmo.

WHAT IS YOUR TYPICAL SUNDAY PROGRAM?

I love to go to Quinta da Boa Vista which is a park that the people from Zona Sul don’t go often to. It is kind of our Central Park. It is beautiful. People go there for picnics. Last time we went there with my boyfriend we ended up staying the whole day trying to break the record of kicking a ball without letting it fall on the ground. We went up to 175 kicks. (Laughs).

COMO VOCÊ COSTUMA PASSAR OS DOMINGOS?

Amo ir à Quinta da Boa Vista, que é um parque que o pessoal da zona sul não costuma frequentar. É o nosso Central Park. É lindo. As pessoas vão lá para fazer piquenique. Na última vez que estive lá com meu namorado, acabamos passando dia inteiro lá tentando quebrar o recorde de conseguir chutar a bola sem deixá-la cair no chão. Conseguimos dar 175 chutes antes da bola cair. (risos).

ANY FAVORITE RESTAURANT?

There is a restaurant downtown called Hachiko which is menu less. It is Asian food. Amazing!

ALGUM RESTAURANTE FAVORITO?

Tem um restaurante de comida asiática no Centro chamado Hachiko e lá não tem cardápio. Excelente!

TELL ME SOMETHING TRUE ABOUT RIO.

I was going to say something bad… haha. Actually it is bad and good. It is magic! You can sometimes feel you are in a dream, and sometimes you feel this can’t be real! (Laughs).

ME CONTE UMA VERDADE SOBRE O RIO.

Ia dizer algum ruim…risos. Na verdade, tem coisas boas e coisas ruins, é um lugar mágico! Às vezes você se sente como se estivesse em um sonho e outras não acredita que ele seja real! (risos).

THANK YOU LETICIA x

OBRIGADA LETICIA x.

ENTREVISTA E DIRETORA DE CRIAÇÃO: LISA DEBATTY

FOTÓGRAFO: PEDRO KOELER

MAQUIADOR: FOX GOULART

STYLING: CRIS BARROS E LISA DEBATTY

PRODUÇÃO: OUI SIMONE

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS AO HELENO BERNARDI PELO MARAVILHOSO SET COMPOSTO POR UMA DE SUAS INSTALAÇÕES, A “CASSINO” E AO IED RIO.

BRAND & CLIENTS